Xúlio Zé,
UI Developer

“Um designer que mergulhou no código”

Em 2003 começo como designer gráfico: posters, discos e identidade. Paseninho achego-me ao océano do código, piso a areia do UX/UI, nado entre as ondas calmas do HTML/CSS, mergulho nas águas claras do JavaScript, desço até sentir a pressom do PHP e finalmente fito para o fundo, o escuro abismo dos sistemas.

O percurso transforma-me. Viro homem-peixe. Um designer que é quem de codificar os seu designs, ou um programador que pode desenhar as suas próprias interfaces. Alguém que pode te ajudar a:

  • Produzir narrativas e artefactos visuais que comunicam produtos–serviços.
  • Desenvolver interfaces fiéis ao desenho e de código fermoso.
  • Construir sistemas de design e escrever o código para a sua correcta implementação no front-end.
  • Desenvolver procedimentos para melhorar o trabalho entre os departamentos de UX/UI e Front-end.
  • Desenvolver sites em Wordpress, com templates próprios construídos ad-hoc e também Frontity, minimizando o uso de plugins e ligando-os a outras apps via REST API.

Atualmente faço parte de Making Science, trabalhando em remoto e com base em Sevilha.

Se o desejares, podes me contatar em ola@xulioze.com

Conhecimento

Tipografia (hierarquia, ritmo e estilo), Sistemas de design, Semântica, Acessibilidade, BEM, ITCSS, Wordpress, Frontity.

Linguagens

HTML, CSS (SCSS), JS (ES6), PHP, Castelhano, Galego, Português, Inglês.

Ferramentas

Figma, Visual Studio Code, Git, Bitbucket/GitHub, Webpack, Postman, WP Engine.

Design

2003–08

Freelance.
Primeiros discos e posters.

2008–10

Sr. Lobo.
Direção de arte para publicidade em prensa de Nintendo España.

2010–14

Arinspunk.
Fundo o estúdio com a ajuda de Aurore Mandelbli.
Posters, identidade e muito packagin discográfico.

2014

Agencia RGB.
Narrativa e identidade da agencia.
UX/UI de Tronante, CMS próprio desenvolto pela agência.

2019

Freelance.
UX/UI para o site da fashion designer Denice Rydenfors.

2020

Freelance.
UX/UI para o site do estúdio Arinspunk.
UX/UI deste CV.
UX/UI para o blog O meu caderno.

2022

Freelance.
Redesign do site Arinspunk. UI baseado em design tokens e componentes, orientado ao desenvolvimento do front com Frontity (React).

Front-end

2003–08

Freelance.
Primeiros sites: tables, styles inline, frames…

2014

Agencia RGB.
Desenvolvo, implementando tecnologias responsive, o front-end do Tronante, CMS próprio da agência.

2014–19

Crepes&Texas (Making Science).
Muito front-end para sites desenvoltos com Wordpress e Woocommerce.
Desenvolvo, introduzindo tecnologia SCSS, o front-end do theme base usado na agência para todos os projetos Wordpress.

2019–21

Making Science.
Estabeleço BEM no desenvolvimento do site da Universidad Europea, metodologia que seguirá toda a equipa de front-end e ordeno as suas sylesheets em base à arquitetura ITCSS.

Freelance.
Front-end para o site da fashion designer Denice Rydenfors.
Front-end para o site do estúdio Arinspunk.
Front-end deste site.
Front-end do Meu caderno, blog multilingue desenvolvido com Nuxt, [nuxt/content] e [nuxt/i18n].

2022

Freelance.
Desenvolvo o front-end do site Arinspunk com Frontity (React) e Wordpress (headless CMS), automatizando a geração de variáveis SCSS desde o design em Figma.

Back-end

2010–14

Arinspunk.
Primeiros contactos com o PHP através de projetos com Joomla e Wordpress.

2014

Agencia RGB.
Tomo contacto com o ASP à hora de desenvolver o front-end do CMS da agência.

2014-19

Crepes&Texas (Making Science).
Muito back-end para sites desenvoltos com Wordpress e Woocommerce.
Desenvolvo o back-end do theme base usado na agência para todos os projetos Wordpress.

2019–21

Making Science.
Construo vários endpoints específicos (REST API) para servir parte do conteúdo do site do Mutua Madrid Open à sua APP nativa (iOS/Android).
Tomo contacto com o Django a través de Wagtail.
Desenvolvo um sistema para importar no novo site de AQ Acentor as propriedades imobiliarias que têem alojadas no seu Salesforce: criando um endpoint securizado (REST API), definindo o JSON a enviar desde Salesforce e desenvolvendo em PHP o funcional que o receve–lê e cria as novas propriedades no Wordpress.

2022

Making Science.
Monto uma equipa de desenvolvimento específica para os projetos Wordpress da companhia, formado por companheiros do escritório de Georgia. Para isto construo o theme base, estabeleço a metodologia de trabalho (estrutura de arquivos, git workflow e deployments), gero documentação, defino a organização em Jira y faço seguimento do desenvolvimento de cada projeto.

Sistemas

2003–21

Na descida vi bases de dados abissais, clouds gigantes, kubernetes luminiscentes… Criaturas esquivas e frias daquele outro mundo que tanto respeito provoca, o escuro abismo dos sistemas.

peixe víbora! Aqui não há cookies!